Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11624/1501
Autor(es): Borfe, Letícia
Título: Efeitos de um programa de intervenção interdisciplinar sobre a função pulmonar e aptidão física em escolares com sobrepeso e obesidade.
Data do documento: 2017
Protocolo CEP: 55327116.0.0000.5343
Resumo: Introdução: o excesso de peso pode gerar inúmeras complicações nos diversos sistemas corporais, em especial, no sistema respiratório; o acúmulo da gordura corporal pode causar disfunções nas estruturas relacionadas à mecânica ventilatória, resultando em alterações na função pulmonar e maior esforço respiratório. Objetivo: avaliar os efeitos de um programa de intervenção interdisciplinar em saúde (exercício físico, nutrição e psicologia) sobre a função pulmonar e aptidão física em escolares com excesso de peso. Artigo I: o objetivo do estudo foi avaliar os efeitos de um programa de intervenção interdisciplinar sobre a função pulmonar, aptidão cardiorrespiratória e força de membros superiores em adolescentes com excesso de peso. O estudo caracteriza-se como quase-experimental, realizado com adolescentes diagnosticados com sobrepeso/obesidade, constituído por grupo experimental e grupo controle. O grupo experimental participou de um programa interdisciplinar com duração de seis meses, sendo realizada uma avaliação anterior ao início do programa e ao término do mesmo. As sessões de intervenção eram realizadas em três dias da semana e constituídas por exercícios físicos, orientação nutricional e psicológica. Foram realizadas avaliações antropométricas, de aptidão cardiorrespiratória, força explosiva de membros superiores e de função pulmonar. Para a comparação das variáveis nos momentos pré e pós-teste, entre os grupos controle e experimental, utilizou-se o teste t, para amostras independentes e para as variáveis não paramétricas foi adotado o teste de Mann-Whitney. Na comparação intragrupos, foi utilizado o teste t para amostras pareadas, para as variáveis de distribuição normal e, para as variáveis não paramétricas, foi aplicado o teste de Wilcoxon. Os testes realizados adotaram o nível de significância de p<0,05. Na comparação intragrupos, o sexo masculino do grupo experimental obteve aumento signifivativo da aptidão cardiorrespiratória (p=0,035) e força explosiva de membros superiores (p=0,009). Houve redução do fluxo expiratório forçado entre 25 e 75% da curva de capacidade vital forçada (FEF25/75, % predito) no sexo masculino do GC (p<0,039). O sexo feminino de ambos os grupos, não demonstrou alterações significativas nos parâmetros avaliados. Em conclusão, o programa de intervenção foi eficaz no aumento dos níveis de aptidão cardiorrespiratória e força explosiva de membros superiores dos adolescentes do sexo masculino do grupo experimental. Os parâmetros espirométricos não demonstraram alterações significativas em ambos os sexos. Artigo II: o objetivo foi investigar as alterações ocorridas nas variáveis espirométricas, antropométricas e de aptidão física em resposta a um programa de intervenção interdisciplinar em adolescentes com sobrepeso/obesidade, observando o agrupamento destas variáveis. O estudo é do tipo quase-experimental, com avaliações pré e pós e aplicação de um programa de intervenção interdisciplinar. O programa se estendeu por seis meses, tendo sessões três vezes por semana e contou com intervenções de exercícios físicos, orientação nutricional e psicológica. Os sujeitos foram alocados em dois grupos: grupo experimental e grupo controle. As avaliações consistiram de medidas antropométricas verificadas pelo índice de massa corporal e circunferência da cintura, a aptidão cardiorrespiratória avaliada pelo teste de corrida/caminhada de seis minutos e força explosiva de membros superiores pelo teste do arremesso de medicine ball. Para verificar o agrupamento dos fatores, foi realizada a análise de componentes principais nos períodos pré e pós-intervenção. A análise agrupou os componentes em 3 fatores na avaliação do período pré-intervenção, de ambos os grupos. O grupo experimental teve a representação de 83,56% e o grupo controle 80,19% da variância total do modelo. No período pós-intervenção, o grupo experimental manteve três fatores explicando 86,40%. Já, o grupo controle, os componentes foram agrupados em quatro fatores, explicando 91,13% da variância total do modelo. Ambos os grupos apresentaram modificação do agrupamento das variáveis nos resultados pós-intervenção, contudo, no grupo experimental estas mudanças foram mais relevantes. Nenhum componente central, que inter-relacionasse todos os demais fatores, foi encontrado. Concluímos que o programa de intervenção interdisciplinar promoveu modificação no agrupamento das variáveis analisadas, podendo indicar que este contribui no aumento dos níveis de aptidão cardiorrespiratória e alterações na função pulmonar.
Abstract: Introduction: overweight can cause numerous complications in the various body systems, especially in the respiratory system; The accumulation of body fat can cause dysfunctions in structures related to ventilatory mechanics, resulting in changes in lung function and increased respiratory effort. Objective: to evaluate the effects of an interdisciplinary intervention program in health (physical exercise, nutrition and psychology) on pulmonary function and physical fitness in overweight schoolchildren. Article I: the objective of the study was to evaluate the effects of an interdisciplinary intervention program on lung function, cardiorespiratory fitness and upper limb strength in overweight schoolchildren. The study is characterized as quasi-experimental, performed with adolescents diagnosed with overweight / obesity, constituted by experimental group and control group. The experimental group participated in an interdisciplinary program with a duration of six months, and an evaluation was carried out prior to and at the end of the program. The intervention sessions were performed on three days of the week and constituted by physical exercises, nutritional and psychological orientation. Anthropometric assessments, cardiorespiratory fitness, upper limb explosive force and pulmonary function were performed. For the comparison of the variables in the pre- and post-test moments, between the control and experimental groups, the t test was used for independent samples and the Mann-Whitney test was used for the non-parametric variables. In the intragroup comparison, the t-test for paired samples was used for the variables of normal distribution and, for non-parametric variables, the Wilcoxon test was applied. The tests performed adopted the level of significance of p <0.05. In the intragroup comparison, the male gender of the experimental group showed a significant increase in cardiorespiratory fitness (p = 0.035) and upper limb explosive force (p = 0.009). There was a reduction in forced expiratory flow between 25 and 75% of the forced vital capacity curve (FEF25/75,% predicted) in the male sex of the CG (p <0.039). The female sex of both groups did not show significant alterations in the evaluated parameters. In conclusion, the intervention program was effective in increasing the levels of cardiorespiratory fitness and explosive strength of upper limbs of the male adolescents of the experimental group. Spirometric parameters did not show significant changes in both sexes. Article II: the objective was to investigate the grouping of spirometric, anthropometric and physical fitness variables and the changes that occurred in response to an interdisciplinary intervention program in overweight/obese adolescents. The study is a quasi-experimental type, with pre and post evaluation and application of an interdisciplinary intervention program. The program was extended for six months, having sessions three times a week and counted on interventions of physical exercises, nutritional and psychological orientation. The subjects were allocated into two groups: experimental group and control group. The evaluations consisted of anthropometric measures verified by body mass index and waist circumference, cardiorespiratory fitness assessed by the six-minute run/walk test and upper limb explosive strength by the medicine ball throw test. To verify the grouping of the factors, the principal components analysis was performed in the pre- and post-intervention periods. The analysis grouped the components into 3 factors in the evaluation of the pre-intervention period of both groups. The experimental group had the representation of 83.56% and the control group 80.19% of the total variance of the model. In the post-intervention period, the experimental group maintained three factors accounting for 86.40%. Already, the control group, the components were grouped into four factors, explaining 91.13% of the total variance of the model. Both groups presented a change in the grouping of the variables in the post-intervention results, however, in the experimental group, these changes were more relevant. No central component, which interrelated all other factors, was found. We conclude that the interdisciplinary intervention program promoted modification in the grouping of the analyzed variables, and may indicate that this contributes to an increase in levels of cardiorespiratory fitness and changes in pulmonary function.
Nota: Inclui bibliografia.
Instituição: Universidade de Santa Cruz do Sul
Curso/Programa: Programa de Pós-Graduação em Promoção da Saúde
Tipo de obra: Dissertação de Mestrado
Assunto: Obesidade nas crianças
Obesidade nos adolescentes
Sobrepeso
Espirometria
Aptidão física em crianças
Aptidão física em jovens
Orientador(es): Burgos, Miria Suzana
Co-orientador(es): Paiva, Dulciane
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Promoção da Saúde – Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Leticia Borfe.pdf1.59 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciado sob uma Licença Creative Commons Creative Commons