Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11624/2467
Autor(es): Paz, Josiane Vanessa dos Santos
Título: Gerenciamento de conflitos na visão do técnico de enfermagem em unidades de internação.
Data do documento: 2019
Protocolo CEP: 3281614 - 27-04-19
Resumo: Dentre as atribuições do enfermeiro que incluem o cuidado direto com o paciente, é incumbido também de liderar e gerenciar as ações e os serviços prestados pela equipe ao paciente, segundo a Lei do Exercício Profissional da Enfermagem. Considerando suas diversas atribuições no contexto hospitalar, o mesmo está suscetível a deparar-se com situações de conflitos dentro da equipe, sendo o mediador em diversas situações. O presente trabalho objetivou compreender a visão dos Técnicos de Enfermagem sobre o gerenciamento de conflitos na prática gerencial do enfermeiro em unidade de internação em um hospital de médio porte no interior do RS. A pesquisa foi de abordagem qualitativa e descritiva, onde os sujeitos do estudo foram quinze técnicos de enfermagem com média de 20 a 48 anos. Para coleta de dados foi realizada uma entrevista semi-estruturada e para a análise de dados recorreu-se a Análise de Conteúdo. Os resultados nos mostraram que os conflitos atingem diretamente a assistência prestada ao paciente e que os técnicos de enfermagem esperam resolutividade diante do posicionamento do gerente de enfermagem quando a palavra chama-se: conflitos. Por essa razão o desempenho do profissional enfermeiro no gerenciamento de conflitos tem indispensável relevância para assegurar que desavenças entre profissionais comprometam a execução e a qualidade na assistência prestada, bem como o relacionamento intergrupal. Conclui-se que, na visão dos técnicos de enfermagem, a maioria dos gerentes de enfermagem deveriam estar melhor preparados para o desempenho do seu papel, atuando como facilitador para que o local de trabalho da equipe de enfermagem seja um local de confiança e harmonioso, para saber atuar diante das dificuldades e adversidades que podem surgir, visto que o ambiente hospitalar é um ambiente circundado por constantes emoções e sentimentos. Por outro lado, para alguns, a estratégia utilizada vem ao encontro das necessidades da equipe no que diz respeito a enfrentamento de conflitos.
Nota: Inclui bibliografia.
Instituição: Universidade de Santa Cruz do Sul
Curso/Programa: Curso de Enfermagem
Tipo de obra: Trabalho de Conclusão de Curso
Assunto: Administração de conflitos
Técnicos em Enfermagem
Unidades de internação
Orientador(es): Cunha, Ana Zoé Schilling da
Aparece nas coleções:Enfermagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Josiane Vanessa dos Santos Paz.pdf1.76 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir    Solicitar uma cópia


Este item está licenciado sob uma Licença Creative Commons Creative Commons